domingo, 4 de setembro de 2011

Questões do outro lado do oceano (V)

     E para continuar com o tratamento das questões do outro lado do oceano, há que proceder a outros voos.

      Q: O que justifica a acentuação de tu-iu-iú (tui-ui-ú é outra forma de separação silábica)?

    R: Começo por reconhecer o meu desconhecimento face ao referente para o termo apresentado, bem como à forma de pronúncia do termo (se na variedade do Português europeu há oscilação fonética, admito que muito mais haja na do Brasil). De qualquer forma, creio que se trata de uma questão associada à presença de um hiato. A indicação da segunda forma de separação silábica é a prova de que as duas últimas vogais não constituem um grupo vocálico do tipo ditongo. Daí a acentuação gráfica do último 'u', a ser pronunciado separadamente face ao ditongo anterior.
      Após alguma pesquisa, fiquei a saber que se trata de um tipo de ave, símbolo do Pantanal. A designação tem origem indígena e reflete a presença de uma onomatopeia enquanto processo implicado na própria formação da palavra.

    Mais um passo em direção ao mundo desconhecido das aves (nomeadamente das pantaneiras) e da designação musical que estas, por vezes, apresentam.

2 comentários:

  1. Em "Viver bem a vida é amar bem as mulheres", há quantas orações; qual seria a classificação delas?

    ResponderEliminar
  2. Caríssimo,

    A resposta a esta questão será apresentada em apontamento futuro.
    Cumprimentos.
    VO

    ResponderEliminar