quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

N, A, T, A, L

   Letra a letra se compõe a escrita da palavra.

     Cinco sons, duas sílabas, uma só palavra.
     Do muito ao essencial; do plural à comunhão, à união. O uno.
   Na procura do caminho a fazer, não interessa contar as várias pedras calcorreadas; só o sentido a atingir.


        A fantasia que ilumina o dia não apaga o conjunto de estrelas que, à noite, vela.
        Depois do escuro manto, uma outra e nova luz brilha.
        Quer-se a paz. 
        Nem sempre o mundo a dá. 
        O Homem procura-a e não raras vezes a desfaz.

      Que este seja o momento para nascer a esperança. Que seja esta a noite anunciadora de um novo tempo: o dia no qual se dê à luz a felicidade ansiada. O dia de Natal.

Sem comentários:

Publicar um comentário