domingo, 30 de maio de 2010

Gramática com "muita fruta"

    Já conhecia o "frutíssimo", gelado de qualidade tão brasileira? Pois agora há um produto novo da Dan Cake!

   Eis a novidade:

   Não estou tentado a experimentar, mas fui levado a repensar o que sabia de gramática e da variação do nome quanto grau. Entre os tradicionais e conhecidos graus diminutivo e aumentativo, terá agora de se contar também com o grau superlativo absoluto sintético (que já não é propriedade exclusiva dos adjectivos), para considerar estes casos de designação nominal de alguns produtos. Ou, assim não sendo, fruta é adjectivo e este passa a ter a funcionalidade de designar entidades (no caso, das mais comestíveis).
   Provas da criatividade linguística associada ao trabalho publicitário.

   Se podia viver sem ele... o produto... o grau...? Claro que podia, mas não era a mesma coisa.

Sem comentários:

Publicar um comentário