quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Da morte (demorada) do Conde de Andeiro

      Hoje a tarde foi muito participada na morte do Conde de Andeiro.

      A dificuldade na leitura da Crónica de D. João I, de Fernão Lopes, foi o motivo para um encontro com alunas de Literatura Portuguesa. Objetivo: ler em conjunto alguns excertos da obra, para se poder entender o que é assumido pelos estudantes como de difícil compreensão.
      É um facto que a leitura da prosa medieval lopiana está a revelar-se difícil, seja pelo reconhecimento de um léxico, uma sintaxe e uma ortografia bem distintos do português atual seja pelo afastamento face a lógicas de ação (das personagens) e a uma cosmovisão que praticamente nada dizem aos jovens de hoje. Também as referências históricas são reduzidas, o que nem sempre ajuda a contextualizar dados e modos de vida / pensar já muito distantes. Tudo conjugado dá a sensação de um muro impenetrável que a voz docente pode ajudar a descodificar, no ritmo que impregna na leitura oralizada do próprio texto quatrocentista.

Ilustração de Martins Barata na obra Grandes Reportagens de outros Tempos 
(reconstituídas por Amador Patrício), editado por Empreza Nacional de Publicidade, 1937

      Entre o trabalho sério e a tentativa de traduzir, por palavras contemporâneas, o que ia sendo lido, houve ainda tempo para algum riso - particularmente o motivado por alguém que, a todo o momento, estava à espera que o conde Joam Fernandez (de Ourém) morresse de vez ("É agora? Já está morto?"). Entre o anúncio e a morte efetiva, foram muitas indecisões, muitos estratagemas, muitas palavras e uma tarde com muita conspiração, para lutar contra um estádio linguístico que vai tornando obscura a mensagem.

     Morto o Conde, é a vez de ver o alvoroço que foi em Lisboa, em favor do Mestre de Avis. Vejamos se, agora, a ascensão de Dom João I se faz com a autonomia dos leitores deste século.

2 comentários:

  1. A verdade é que no meio de uma tarde de risos e trabalho, todas ficamos a perceber muito melhor a, complicada, crónica :D
    PS: obrigada!

    ResponderEliminar
  2. Ainda bem!
    Agora, toca a concluir a leitura.
    Bom fim de semana.
    Ao dispor.

    ResponderEliminar