domingo, 7 de abril de 2013

Alguém anda a precisar de óculos

    A falta de visão é questão crítica, quando se coloca ao nível dos nossos olhos.

    Mais ainda quando, em termos de publicidade, a visibilidade pública da ignorância anda a par da pretensa necessidade de fazer ver bem.


   Das duas uma: ou o preço de fábrica é tão baixo, tão baixo que não permite fazer um cartaz em condições (correto na acentuação) ou, então, quem pretende remediar a falta de visão é alguém que, por certo, não a tem. 
    Má publicidade, portanto, e pelos vistos recorrente nesta área, apesar de a modelo parecer jeitosa (pelo menos na metade e no pouco que se dá a ver).

   Em vez de mais de mil modelos À (sublinho 'À') escolha, podia haver apenas dois (... modelos À escolha, claro está!) e podia ser que se passasse a ver melhor com os dois olhinhos que Deus nos deu.
       

Sem comentários:

Publicar um comentário