domingo, 11 de janeiro de 2015

Fruto económico, com novas qualidades... até no nome.

      As novidades deste(s) tempo(s)!

    Ouvi há poucos dias alguém falar de umas bolachas que tinham "uvas pássaras" (devem ter sido uvas tão debicadas pelas ditas cujas que até lhes ganharam o nome). Pouco tempo depois, falou-se de outra comida mais substancial: os "rijões" (diga-se, pedaços de carne de porco que deviam ser tão duros, tão duros que não chegava dizer "rijos").
     Hoje, dá-se a ler novo produto, económico para não provocar nervosismo:

   
     O efeito deve ser de tal forma relaxante que se recomenda como sedativo, a julgar pelo nome atribuído: as clementinas que dão calma passam a ser as "calmantinas".
     Não bastava haver "ovelhas ranhosas" (deixaram de ser 'ronhosas' - por ter 'ronha' - e passaram a ter 'ranho' - salvo seja!) que até a fruta ganha novas qualidades! 

      O que faz uma oralidade tão pouco instruída ou cuidada? Evolui para uma escrita que fica à vista de todos. Calma, muita calma! Coma calmantina que é melhor do que tangerina!

Sem comentários:

Publicar um comentário