domingo, 30 de outubro de 2016

Com ou sem hífen?

      De novo, a questão do Acordo Ortográfico (AO).

      Dúvidas que só o uso pode vir a resolver, com alguma leitura e/ou consulta do Acordo (que, por certo, não é o melhor exemplo de literatura).

      Q: 'Personagem-tipo' perde o hífen com o AO?
Personagens-tipo queirosianas
    R: Não. Voltando à base XV do AO - intitulada "Do hífen em compostos, locuções e encadeamentos vocabulares" -, é assumido que se emprega o hífen nas palavras compostas por justaposição que não contêm formas de ligação e cujos elementos, de natureza nominal, adjetival, numeral ou verbal, constituem uma unidade sintagmática e semântica e mantêm acento próprio,
    Trata-se, assim, de um composto na mesma linha de 'ano-luz' e 'turma-piloto', também grafados com hífen (justapostos e com contraste de número no primeiro termo).

       Porque 'personagem-tipo' é um tipo de personagem, tal como 'ano-luz' é um tipo de medida / distância e 'turma-piloto' é um tipo de turma. e se mantêm os acentos próprios dos termos (daí a justaposição).