quarta-feira, 21 de abril de 2010

Pela paz ansiada

      É nos tempos mais conturbados que se dá mais valor ao que nos inspira segurança, estabilidade, paz...

     Neste Dia Mundial da Voz, dê-se esta última à poesia...


..., fazendo-se ouvir as palavras dessa poetisa que buscou o sentido completo, pleno das coisas: "Na febre de buscar o senso à vida / Descubro-me dor de alma inacabada". Vislumbro nestes versos uma intrigante actualidade, na crença de uma Natália Correia, para quem "tudo é eterno num segundo".

      ... porque a poesia é voz, é música e, no uso das palavras mais incisivas, não deixa de convocar a paz.

1 comentário: