sábado, 4 de maio de 2013

Frente ao mar... ao oceano

     O dia foi de sol, de muita luz, a convidar praia, e com todo um oceano em frente.

     Por isso, Djavan veio-me à memória em cor azul (diria ele que 'Não é azul, mas é mar'), em embalo marinho e em sonoridade oriental.


     Do álbum homónimo, lançado em 1989, saiu esta composição, uma das mais harmoniosas e confortáveis para o cantor e compositor brasileiro, também reconhecido por outros êxitos musicais ('Se', 'Flor de Lis', 'Meu bem querer', 'Luz', por exemplo). 

    Na internacionalização da coletânea, Puzzle of hearts é o título escolhido. Na composição das emoções há notas que se transportam em ondas mágicas de vida.

Sem comentários:

Publicar um comentário