segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Cada um sabe as linhas com que se cose

         Assim o diz o povo.

        Contudo, entre o 'coser' com fio e o 'cozer' com fogo, ainda há quem se queira 'queimar'.

Tira publicada na edição de hoje do Jornal de Notícias

     Um exemplo clássico de como a homofonia pode motivar o erro. Por clássico que seja, parece que ainda não há resolução... e pior ainda quando propagado por meios de comunicação social que, mesmo em banda desenhada, deviam pautar-se pelo bom exemplo. Não é aqui o caso.
    Já no latim se assumia a diferença entre 'consuĕre' (no latim clássico, entretanto vulgarizado para 'cosēre') e 'coquĕre' (vulgarizado como 'cocēre'), conforme a linha ou o lume, respectivamente. Reside, portanto, já no latim a distinção ortográfica entre a linha do 's' e o lume do 'c'.

     A botão linha se dá - razão pela qual se cose.

Sem comentários:

Publicar um comentário