quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Encontro feito poesia

        Registo para uma tarde de nevoeiro, aquecida pela amizade.

       Depois de observar o mar, o efeito criador deu frutos.


Onda do Mar de Espinho
(à hora do café)

Para a Ana e o Vítor

Um rolo
cristalino
enrosca-se
coberto de névoa
- esbatido o Sol -
e sonha ser espuma
cumprindo assim o seu destino
num beijo dourado de areia.

IA, 30 de Set. 2009


Foto VO

        O nevoeiro, por vezes, deixa ver mais do que a claridade dos dias.

     Sempre o mar, esse apetecível leito embalador de viagens, de renovação dos horizontes (tal como os da vida...), apesar de às vezes se disfarçar de nevoaça.

Sem comentários:

Publicar um comentário