segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Sabem que mais... Novo ano tudo igual

      As consequências da passagem de ano podem ser desastrosas.

    O fogo de artifício tem destas coisas: assusta os animais, estes desaparecem e, depois, é preciso escrever avisos. Aqui vai parte de um (para que não se publicite o que até interessa, mas, para o caso, é irrelevante):

Segmento de um aviso publicitado no Facebook
    
      "Pelo cumprido"?! Mas... o que é que o pelo cumpriu para se dizer cumprido?!
     Senhores!!! Muda o ano e a asneira mantém-se! Isto de confundir palavras parónimas não está com nada. Depois desta, só me faltava ler, no final do aviso, "Melhores comprimentos". Santa Paciência!

      Comprimento para medida; cumprimento para saudação ou para resultado de 'cumprir' algo. Aqui fala-se da medida (do comprimento) do pelo... o pelo comprido que, pelos vistos, o cão tem.