domingo, 2 de agosto de 2015

Só tu e eu

       É música portuguesa, de um jovem cantor em ascensão.

   Diogo Piçarra é nome, pelos vistos, conhecido para quem assiste a programas televisivos portugueses daqueles que pretendem fazer estrelas à pressão. Felizmente, alguns conseguem vingar e o caso do Diogo é um bom exemplo. Ouço uma música dele na rádio e passo a conhecê-lo, pelo que me agradou ouvir - "Só tu e eu".

Vídeo de 'Só tu e eu'

Se o amor nos deixar
A terra desabar
E o tempo nos mudar
Irei estar sempre aqui

A chama se apagar
Se a idade não perdoar
Quando não me ouvires cantar
Eu não sairei daqui

Se tu pensas em mim
Como eu penso em ti
Temos tudo então
Para poder voltar ao sonho outra vez
Se tu dizes que sim
Sei por onde seguir
Que esperamos para querer voltar a ser só tu e eu

Se o brilho acabar
E um dia for demais para dar
E o nosso olhar não se cruzar
Ficarei por aqui
Mas o amor já nos deixou
E o mundo desabou
Mas o tempo não mudou
O que foste para mim

Se tu pensas em mim
Como eu penso em ti
Temos tudo então
Para poder voltar ao sonho outra vez
Se tu dizes que sim
Sei por onde seguir
Que esperamos para querer voltar a ser só tu e eu
Só tu e eu

E mostramos depois
Que nada se constrói
Sem que antes tenhas
Errado ao tentar

Se tu pensas em mim
Como penso em ti
Temos tudo então
Para poder voltar ao sonho outra vez
Se tu dizes que sim
Sei por onde seguir
Que esperamos para querer voltar a ser só tu e eu
Só tu e eu

   Vencedor da quinta edição do Ídolos (soube-o há pouco), este cantor e compositor algarvio (de Faro) promete.
     O vídeo contextualiza a letra da canção numa situação triste, de partida, de um "se" que se impôs numa história para sempre a dois, apesar das muitas "interrupções" ou do "desligar" final e fatal.

      Gosto. Um caso que confirma que "o que é nacional é bom" (passo a publicidade).

Sem comentários:

Publicar um comentário