segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Tudo ao contrário!

     Começo a ficar ligeiramente farto de ler (ou ver escrito) ou ainda de ouvir o que alguns não querem dizer... mas assim o fazem repetidamente!

     É certo que quem fala /escreve tem uma intenção comunicativa. Pena é que, às vezes (para não dizer frequentemente), digam ou escrevam o contrário do que pretendam.
      Assim o provo com o excerto de uma carta:


      É, no mínimo, estranho (se não for incoerente) tanto agradecimento para quem vai 'de encontro a' um trabalho. Se ainda fosse 'ao encontro de', tudo seria mais explicável. Por norma, só um espírito muito cristão, benemérito ou altruísta é que se mostraria grato àqueles que com ele esbarram.
      Já foi aqui apontado que 'ir DE encontro A' (esbarrar, ir contra) é o contrário de 'ir AO encontro DE' (aproximar, apoiar, estar de acordo com). 

      É verdade: a troca de preposições dá em significado completamente antónimo. E não é preciso ser perito para chegar a tal conclusão; basta consultar um bom dicionário.