segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Voltando ao quase ou à metade

      A estranheza lança a dúvida, mas o acordo é claro...

      Já houve oportunidade de falar, neste espaço, do comportamento do pseudoprefixo 'semi'.
      Os casos, contudo, surgem a cada palavra que se revele estranha aos olhos da escrita. Como diria o publicitário Fernando Pessoa (a propósito da Coca-Cola), primeiro estranha-se e depois entranha-se.
      Quanto ao Acordo Ortográfico, hoje estranham-se algumas grafias; talvez um dia entranhem. Todavia, por ora, nada como perguntar ou procurar alguma sustentação. No caso da terminologia específica das áreas disciplinares, então o cuidado impõe-se. No âmbito da geometria, há um termo para designar o conceito da região do espaço determinada por um plano. E a grafia é... SEMIESPAÇO.
      Por estranho que pareça, a ortografia é esta mesma: o pseudoprefixo terminado em vogal junta-se SEM HÍFEN ao segundo termo que começa com vogal diferente. O mesmo, aliás, sucede com
semieixo
semiembriagado
semierudito
semiescuro
semiesfera
semiespaço
semiespecializado

     ... porque I e E são vogais (na grafia) diferentes; fossem iguais, a situação seria outra.